20 ago 13

A Questão do “Inspired”!

Moda

Ai ai…post difícil de fazer, mas que já “enrolei” faz tanto tempo que decidi me arriscar e escrever logo o que eu penso sobre esse tema tão polêmico (no mundo da moda)!

 

Antes de mais nada, vamos deixar claro que “inspired” (ou seja, quando um produto é inspirado em outro) é totalmente diferente de cópia!

Cópia são aqueles produtos que fingem/tentam se passar pelo verdadeiro. Típico de camelôs e algo que suuper acontece com o famoso monograma da LV. Essa prática é proibida e não deve ser, de forma alguma, incentivada! Se o dinheiro é curto, é melhor comprar algo mais barato de uma marca verdadeira do que um falso meninas!

 

Voltando ao foco, conforme um ditado popular, dizem que “nada se cria, tudo se copia” (adaptação de “nada se cria, tudo se transforma”). Pois é bem por aí que eu levo a minha opinião…

Tenho visto muitos modelos muuuito inspirados em outros! E, quando eu exagero na quantidade de “us” é porque isso me choca!

 

Por um lado, é legal, pois as pessoas podem comprar produtos super na moda por um preço bem mais acessível! #fato

por outro, quando isso começa a acontecer com grandes marcas, penso que elas deveriam se inspirar mais no material existente por aí (basta olhar ao redor, tem muita inspiração, ein?!) e criar algo novo e original! Afinal, não possuem grandes equipes para isso?

Tudo muuito inspirado, ein?!

Como exceção, eu destacaria a febre das bolsas de moletom! Por mais que houvesse uma inspiração, era muito mais com um toque “fun”!

O modelo da 284 que parecia a Birkin já vinha escrito “I’m not the original” e a Balenciaga da Pop Up Store brincou com o termo “it bag” e alterou para “hit bag”. De fato, foi um hit:

Tudo muito claro e para usar sem dó hehe

De qualquer forma, esse post é mais “food for thought” (“comida”/material para se pensar)!

O que vocês acham?

 

Fotos: Reprodução.

Ju Ramos
Comente pelo Facebook
1 Comentário
  1. […] Tudo isso depende muuito de cada um, do produto, do saldo bancário no momento etc. Até já comentei um pouco esse tema antes por aqui. […]

    Responder
Deixe seu Comentário
*Não será divulgado