12 nov 13

Comprar X Alugar o Vestido de Noiva

Casamento

Demorei um pouquinho para fazer esse post, já que ele vai acabar sendo meio longo.

Mas precisava fazer, porque acho uma dúvida para muitas noivas: devo comprar, alugar ou fazer o primeiro aluguel? Se optar por comprar, deve ser no Brasil ou no exterior?

 

Claro que não existe uma resposta certa e outras erradas. Tudo depende do seu orçamento e sonho!

Então, para ajudá-las a “clarear” a mente, separei alguns prós e contras em cada opção e espero que ajude!!

 

Começando pelo primeiro aluguel: é uma peça que nunca foi usada (pode até ser feita como você quiser) e está disponível para aluguel. Ou seja, depois de usá-lo, você terá que devolver! Por nunca ter sido usado antes, o custo costuma ser um pouco mais caro que o aluguel normal, mas ainda assim sai mais barato do que comprar um novo que será seu para sempre!

 

Quem optou por isso foi a minha prima, Lívia. Por mais que ela ainda não tenha feito um diário de uma noiva propriamente, ela compartilhou um pouco do motivo pelo qual escolheu o primeiro aluguel: “…decidi procurar um vestido primeiro aluguel: vestiu, gostou, levou…fiquei feliz e segura em minha escolha. Afinal, ninguém vai usar antes de mim e a única coisa que vai mudar até o dia do meu casamento serei “euzinha” que quero perder uns kilinhos”.

Claro que esse não é o vestido dela hehe por sinal, eu estou super curiosa!

Entre quem opta por comprar o vestido, uma opção que é mais cara, mas mais personalizada é fazê-lo sob medida! É ótimo, porque fica exatamente como você quer e você ainda acompanha todo o processo com as provas. Demais!

Aqui, por exemplo, é no atelier do Sandro Barros. Um dos melhores, na minha opinião!

A Shau (que escreveu o primeiro diário de uma noiva aqui e até já casou) fez essa escolha e falou o motivo: “Optei por comprar porque queria fazer do meu jeito e os lugares que pesquisei para primeiro aluguel eram muito mais caros do que eu fazendo com uma estilista! Além do que acho que foi um processo bem mais gostoso, tive uma abertura grande para conversar com a estilista, ela também foi me dando idéias e construímos juntas o vestido dos sonhos! Por isso que optei. Muita gente fala, e o que vc vai fazer com esse vestido depois? Vou guardar sim, com muito amor, eu quero abrir a caixa q ele está daqui a alguns anos e lembrar como foi importante esse dia e querendo ou não ele fez grande parte disso!” – fofa!

Outra noiva que está passando por essa fase é a “noiva em forma” (que já está super em forma e com o casamento chegando! Ela também fez um diário para nós aqui), Má Maior: “Eu acabei comprando porque a loja (Pronovias) não tinha a opção de primeiro aluguel e achei que o preço valia a pena, mas se eu tivesse opção alugaria sem problemas! Na verdade acharia ótimo, porque não faço muita questão de guardar o vestido”.

Detalhe, isso foi antes! Porque, com as oportunidades do reality, agora ela está fazendo o vestido dos seus sonhos com a Dani Messih! Estou ansiosa hehe

Ainda dentro da opção de compra do vestido, muitas pensam em fazê-lo no exterior. É legal por agregar uma viagem na história toda, além disso é realmente mais em conta e tem marcas dos sonhos (a famosa Vera Wang, por exemplo!):

Mas, lembre de “computar” os gastos com ajustes que serão feitos aqui no Brasil. Afinal, eles não são feitos por lá na hora (a não ser que você fique muuito tempo ou faça mais de uma viagem) e muitas vezes também podem não ter o modelo para pronta entrega.

 

Por último, comprar um vestido de noiva pela internet é arriscado! Eu não indico muito, pois acho que tem que provar e corre o risco de não gostar quando chegar e ter que procurar por uma segunda opção correndo.

 

Ufa! Ajudei um pouco? ;)

 

Fotos: Reprodução.

Ju Ramos
Comente pelo Facebook
2 Comentários
  1. Olívia

    Qual a média de preços cobrados pela Dani Messih?

    Responder
    • Olá Olívia, não sei te responder essa questão, mas ligue no Atelier dela para conversar e ter maiores informações!
      Bjss

      Responder
Deixe seu Comentário
*Não será divulgado